Pecuária Pantaneira
17 de novembro de 2015

Pantanal da Poesia

O rio que fazia uma volta

atrás da nossa casa

era a imagem de um vidro mole…

 

Passou um homem e disse:

Essa volta que o rio faz…

se chama enseada…

 

Não era mais a imagem de uma cobra de vidro

que fazia uma volta atrás da casa.

Era uma enseada.

Acho que o nome empobreceu a imagem.

Manoel de Barros BARROS, M. Poesia Completa. São Paulo: Leya, 2011.

Deixe seu comentário

INSTAGRAM #PecuariaPantaneira
inscreva-se em nosso canal no youtube.
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK.